terça-feira, 31 de maio de 2011

E se a Internet fosse apenas Nacional?

      O Irão pode estar mais perto de criar aquilo que é descrito como uma "Internet nacional", destinada a substituir o acesso à “World Wide Web” no país.

      A possibilidade terá sido avançada já em fevereiro, na sequência dos protestos pela democracia que agitaram alguns países do Médio Oriente e norte de África e que levaram os governantes a apertar os mecanismos de controlo dos conteúdos a que o povo tem acesso “online”. Mas o assunto volta agora a ser notícia com as declarações do responsável pela pasta da economia, que mostram que as autoridades governamentais não desistiram da ideia.
      De acordo com o "Wall Street Journal", que cita informações publicadas na imprensa local, esta "Internet alternativa" funcionaria, pelo menos numa fase inicial, de forma paralela àquela a que temos acesso, substituindo a utilização da rede global nos lares do Irão. Bancos, órgãos governamentais e grandes empresas continuariam a ter acesso à Internet "normal".
      A Internet local será "uma verdadeira rede "halal", destinada a muçulmanos ao nível da ética e da moral", afirmou Ali Aghamohammadi, citado pela imprensa, que explica ainda que "halal" significa “conforme com a lei islâmica” e disse ainda que esta rede, conforme à dita lei, poderá mesmo vir a substituir na íntegra o acesso à WWW no Irão e estender-se a outros países islâmicos.
      Em fevereiro, o diretor do instituto de investigação a cargo do ministério das telecomunicações tinha dito a uma agência de notícias local que, "em breve", 60 por cento dos lares e empresas do país estariam a usar a nova internet interna e que em dois anos esta seria alargada a todo o país.
      O representante da missão iraniana nas Nações Unidas, contactado pela mesma fonte (o jornal acima referido), recusou-se a comentar os planos, afirmando apenas que o assunto era "uma questão técnica relativa ao progresso científico do país".


segunda-feira, 30 de maio de 2011

Jovem Morre Apedrejada

      Uma jovem de 19 anos de idade, Katya Koren, foi apedrejada até à morte na Ucrânia, por ter participado num concurso de beleza.

      O corpo foi encontrado enterrado numa floresta perto da casa onde vivia, numa vila da região da Crimeia, uma semana após o seu desaparecimento.
      Os amigos contaram que a rapariga gostava de se vestir com roupas da moda e que tinha ficado em sétimo lugar num concurso de beleza.
      A sua participação no concurso foi considerada como uma ofensa à fé islâmica por três outros jovens que, em nome da “sharia” (lei muçulmana), apedrejaram a rapariga.
      Um dos jovens apedrejadores, Bihal Gaziev, de 16 anos, foi preso e disse que não se arrepende do assassínio porque a Katya «violou as leis do islão».


domingo, 29 de maio de 2011

Jamais Servirei em Nenhum Lugar

      «A verdade é que o Estado é uma conspiração desenhada não somente para explorar, mas acima de tudo para corromper seus cidadãos... de agora em diante, eu jamais servirei a nenhum governo em nenhum lugar.»

      Liev Tolstoi (1828-1910)
      Também conhecido como Léon Tolstói, Leão Tolstoi ou Leo Tolstoy, e de seu nome Lev Nikoláievich Tolstói, de nacionalidade russa, é considerado um dos maiores escritores de todos os tempos.
      Além de sua fama como escritor, Tolstoi ficou famoso por tornar-se, na velhice, um pacifista, cujos textos e ideias embatiam de frente com as igrejas e governos, pregando uma vida simples e em proximidade à natureza.
      Morreu aos 82 anos, de pneumonia, durante uma fuga de sua casa, buscando viver uma vida simples na Natureza.
      A fotografia abaixo é a única a cores que existe do escritor.


sábado, 28 de maio de 2011

Casa sob Vigilância

      Foi há dias divulgado por dois companheiros de Bruxelas a descoberta que fizeram na sua casa.

      Segue extrato do comunicado efetuado.
      «Encontramos um dispositivo de vigilância de vídeo escondido no apartamento. Limitaremo-nos por agora a dar alguns detalhes técnicos, adicionando fotos.
      O dispositivo estava atrás de uma pequena abertura de ventilação no papel de parede na nossa cozinha. A câmara “S/W” estava por trás da grade, conectada a uma bateria bastante grande, a partir de 3 tubos de 4 x 14,4 V. A bateria estava atrás da palheta, todos ligados por cabos. Entre a bateria e o resto do equipamento havia o que se acredita ser um interruptor que pode ser operado remotamente.
      A câmara foi conectada a uma caixa preta, que serve como um “codificador”. Este codificador, por exemplo, “Bloquear Micro” (Ovações Sistemas), que por sua vez foi conectado com o que acreditamos ser uma antena que transmite imagens em 1.4 GHz.
      Não havia cartões SIM.
      A câmara estava apontada para a mesa da cozinha. Não temos a certeza se ela também contém um microfone. A câmara está protegida com elementos magnéticos. Em quase todos os elementos havia adesivos com a indicação “CS”. Uma rápida pesquisa deu-nos uma pista: “CS” é um código do Departamento de Logística da Polícia Federal.»

sexta-feira, 27 de maio de 2011

A Feira do Livro Anarquista de Lisboa

      Decorreu no passado fim de semana (de 20 a 22 de maio), a 4ª edição da Feira do Livro Anarquista de Lisboa.

      A seguir fica o extrato do relato da companheira Emília Cerqueira, publicado na A-Infos.
      «Para além da divulgação das ideias anarquistas a partir dos livros e das publicações ali presentes, a feira cumpriu o objetivo de levar a debate ideias e análises sobre as questões “que assaltam a vida em tempos de guerra social”, tal como é referido no manifesto de apresentação da Feira.
      A noite de sexta-feira (20), com lua cheia à vista e com cheirinho de verão, convidou a ocupar a praça, e assim, ao redobrado prazer de rever os companheiros juntou-se o relato do mês de ocupação da “ES.COL.A” através de dois intervenientes, da desocupação violenta de que foram alvo e da luta que continua. Recorde-se que foi no dia 10 de maio, no Porto, a antiga escola do Alto da Fontinha, ocupada um mês antes, após cinco anos de desativação, foi violentamente desocupada e com sete ocupantes detidos. “ES.COL.A” trata-se de um projeto educativo para as crianças do bairro e estava a ser implementado. Tratava-se de uma iniciativa antiautoritária que incomodou o poder e esse seria, aliás, o único motivo que poderia levar a que um edifício abandonado e totalmente degradado durante tanto tempo, ao ser recuperado e posto ao serviço da comunidade fosse violentamente desocupado e emparedado.
      Neste momento luta-se. E foi essa forma de luta que levantou mais questões mas também a constatação de como durante um mês foi uma fonte de inspiração, um exemplo de autonomia e de luta.
      No sábado (21) foi abordado o tema do “Desenvolvimento” através dos seus efeitos nefastos, particularmente nas cidades. Um debate a continuar, já que as formas de travar esse desenvolvimento e de se passar ao ataque são várias.
      As recentes manifestações massivas de descontentamento nas ruas, na Espanha e em Portugal, convocadas por diversos movimentos sociais, foram alvo de atenção e motivo de discussões múltiplas no domingo (22). Refletiu-se sobre os caminhos que poderão levar a uma rutura com o Estado e com a economia, procurando os pontos de confluência entre eles.
      Foi dado destaque ao recrudescimento dos ataques da extrema-direita em toda a Europa, seja pela cobertura dada pela polícia, em muitos casos, seja devido à conjuntura económica, pois potencia o recrudescimento da xenofobia. Em particular, o caso da Grécia, tendo sido transmitido o apelo à solidariedade internacional feito por companheiros gregos em luta contra uma brutal repressão estatal e a perseguição dos imigrantes.
      Neonazis, juntamente com a polícia, têm vindo a atacar okupas do centro de Atenas, levando companheiros a uma situação em que é preciso defendê-los contra o perigo de perder a própria vida, contra a brutalidade policial e a barbárie fascista. Também o número de imigrantes assassinados tem vindo a aumentar. Neste ano e nos dias que se seguiram à greve geral de 11 de maio dezenas de imigrantes foram seriamente feridos e um imigrante foi morto no decurso dos linchamentos realizados em vários bairros da capital grega.
      A saborosa comida vegan, os momentos de poesia surrealista, a simpatia do coletivo que nos acolheu, os livros e revistas que nos animam ali tão perto, os exemplos de luta e de resistência, ficarão na memória de todos. As afinidades que resultam, a compreensão de outros pontos de vista, o reforço da auto-organização, a quebra do isolamento, a alegria de sermos mais e mais a cada ano que passa, a descoberta, a criatividade, a desmontagem do machismo ainda presente, constituem recordações já, motivos redobrados para se começar a pensar na próxima edição desta outra forma de luta Anarquista.»
      Mais info sobre a Feira de Lisboa no sítio que podes aceder através da ligação permanente que está aqui ao lado na coluna dos “Sítios a Visitar”.


quinta-feira, 26 de maio de 2011

O Salário Mínimo

      Foi num dia como o de hoje mas do ano de 1974 (há 37 anos), que em Portugal, após a Revolução de Abril, foi fixado o primeiro Salário Mínimo.
      Na altura, o valor fixado foi de 3300$00 Escudos, isto é, € 16,46 Euros.
      Atualmente o Salário Mínimo Nacional (SMN) já não se denomina dessa forma mas sim RMMG: Retribuição Mínima Mensal Garantida, e o valor é atualizado anualmente, encontrando-se no corrente ano nos € 485,00 pagos em 14 prestações anuais (12 meses + 2 subsídios).
      O Salário Mínimo, ou a atual Retribuição Mínima, visa a proteção do trabalhador contra a exploração capitalista em virtude do excesso de oferta de mão-de-obra (desempregados), prevenindo-se assim o aproveitamento dos empregadores em face do excesso de pessoas que aceitariam trabalhar por cada vez menos salário.
      Os economistas da escola Keynesiana viam a existência do salário mínimo como uma vantagem económica que permitia estabilidade e crescimento, porquanto permitiria a circulação do dinheiro por parte dos trabalhadores, beneficiando, a final, os empregadores, pelo retorno.
      Em contrapartida, os economistas “neoclássicos” consideram o salário fixado um entrave para a contratação de trabalhadores, o que gera desemprego estrutural, uma vez que os empregadores se sentem coibidos de ofertar mais emprego devido à fixação artificial de um valor que reputam como inadequado à realidade do mercado, isto é, que reputam como elevado.
      Para além das sábias visões técnicas dos especialistas em economia e mercados, os trabalhadores que o auferem, por sua vez, afirmam ser tal salário curto para viverem com dignidade durante todo um longo mês, pretendendo que esse valor seja incrementado, ainda que não para um valor que lhes permita um enriquecimento idêntico ou minimamente parecido com aquele que o empregador consegue, pelo menos que lhe permita viver, a si e à sua família, com um mínimo de dignidade, pelo que aqui se propõe a instituição, em substituição da RMMG do PDMG, isto é, do Pagamento Digno Mínimo Mensal Garantido.

 

quarta-feira, 25 de maio de 2011

O Movimento 15M Espanhol

      Depois da ocupação da praça de Madrid das Portas do Sol, o movimento 15M (15 de Maio) lançou outra iniciativa: As Assembleias Populares de Bairro.

      Dizem:
      «Desde el movimiento 15M creemos firmemente en los principios de la acción participativa, queremos demostrar que otra forma de hacer política es posible, que lo sucedido en Sol es sólo el principio y que esto no hay quien lo pare.
      Queremos compartir la experiencia de un movimiento horizontal, justo y equitativo. Esta iniciativa ha de fraguarse en nuestros barrios y en nuestros municipios, extendiendo la toma de decisión política a un primer plano sumándonos a las experiencias acumuladas en actos de lucha vecinal mediante la constitución de asambleas populares en las que se debatan todos los problemas del conjunto de la ciudadanía.»
      Tradução:
      “Desde o movimento 15M acreditamos firmemente nos princípios de acção participativa, queremos demonstrar que outra forma de fazer política é possível, que o sucedido nas Portas do Sol é apenas o princípio e que não há quem nos pare.
      Queremos partilhar a experiência de um movimento horizontal, justo e equitativo. Esta iniciativa tem que solidificar nos nossos bairros e nos nossos municípios, estendendo a tomada de decisões políticas a um primeiro plano somando-nos às experiências acumuladas nos atos da luta local mediante a constituição de assembleias populares nas quais se debatam todos os problemas do conjunto da cidadania.”
      No próximo sábado, dia 28 de maio, pelas 12:00 horas locais, terão início as assembleias populares em cada praça de cada bairro do povo de Madrid.
      Mais info em: http://madrid.tomalosbarrios.net/


terça-feira, 24 de maio de 2011

Bob Dylan #70

      Bob Dylan faz hoje 70 anos de idade.
      O cantor e compositor norte-americano chama-se verdadeiramente Robert Allen Zimmerman e foi num dia como o de hoje (24 de maio) mas do ano de 1941 que nascia no estado de Minnesota.



      Neto de imigrantes judeus russos, aos dez anos de idade Dylan escreveu os seus primeiros poemas e ainda adolescente aprendeu piano e guitarra sozinho.
      A revista Rolling Stone elegeu-o como o 2º melhor artista de todos os tempos, ficando atrás dos “Beatles” mas uma das suas principais canções, “Like a Rolling Stone”, foi escolhida como a melhor canção de todos os tempos.

 
      Este cantautor é, indubitavelmente, um marco, não só na música como no pensamento livre e crítico estando intrinsecamente associado a inúmeras revoltas e conceções livres e libertárias do Mundo, pelo que aqui se impõe fazer constar, pelo menos um artigo sobre este dinossauro gigante da música que marcou tantas gerações de jovens que sonharam com um Mundo diferente daquele em que hoje vivem de mãos atadas.

 

      Abaixo podes ver a letra e ouvir a canção considerada a melhor canção de todos os tempos: “Like a Rolling Stone” de 1965.

Once upon a time you dressed so fine
You threw the bums a dime in your prime, didn’t you?
People’d call, say, “Beware doll, you’re bound to fall”
You thought they were all kiddin’ you
You used to laugh about
Everybody that was hangin’ out
Now you don’t talk so loud
Now you don’t seem so proud
About having to be scrounging for your next meal

How does it feel
How does it feel
To be without a home
Like a complete unknown
Like a rolling stone?

You’ve gone to the finest school all right, Miss Lonely
But you know you only used to get juiced in it
And nobody has ever taught you how to live on the street
And now you find out you’re gonna have to get used to it
You said you’d never compromise
With the mystery tramp, but now you realize
He’s not selling any alibis
As you stare into the vacuum of his eyes
And ask him do you want to make a deal?

How does it feel
How does it feel
To be on your own
With no direction home
Like a complete unknown
Like a rolling stone?

You never turned around to see the frowns on the jugglers and the clowns
When they all come down and did tricks for you
You never understood that it ain’t no good
You shouldn’t let other people get your kicks for you
You used to ride on the chrome horse with your diplomat
Who carried on his shoulder a Siamese cat
Ain’t it hard when you discover that
He really wasn’t where it’s at
After he took from you everything he could steal

How does it feel
How does it feel
To be on your own
With no direction home
Like a complete unknown
Like a rolling stone?



      Esta canção teve, como não podia deixar de ser, ao longo dos anos, inúmeras versões, como a de Jimy Hendrix, os Rolling Stones ou dos Green Day, que abaixo também podes ouvir e comparar.

 

 

 


segunda-feira, 23 de maio de 2011

Nem Deus Nem Patrão

      Num dia como o de hoje, 23 de maio, do ano de 1885 (há 126 anos) saía em Bruxelas o primeiro número do jornal "Ni dieu ni maître" “Organe communiste-anarchiste” (Nem Deus Nem Patrão; órgão comunista-anarquista).

      Este jornal esteve proibido em França e deixou de sair no ano seguinte, sendo substituído pelo "La Guerre Sociale" (A Guerra Social), tendo tido por subtítulos: "Si dieu existait il faudrait l'abolir" (Se Deus existir será necessário aboli-lo) Bakunine e "Notre ennemi, c'est notre maître" (O nosso inimigo é o nosso patrão) La Fontaine.

domingo, 22 de maio de 2011

A Prática da Revolta

      «O anarquismo não pode deixar de ser a negação do conjunto do sistema autoritário e que em período de luta é a prática da desobediência, da insubmissão, da indisciplina, numa palavra, da revolta.»

      Sébastien Faure (1858-1942)
      Notável ativista libertário e anticlericalista francês, pedagogo, jornalista, poeta e compositor.

sábado, 21 de maio de 2011

Trabalhadores do Inferno

      Foi divulgado um estudo, levado a cabo pelo maior centro estatístico da Rússia, no qual se concluiu que as fábricas da “Apple” e os parque da “Disney” têm condições infernais para os trabalhadores, sendo já muitos os casos de suicídio nestas empresas, devido às condições de trabalho.

      Os funcionários das fábricas chinesas “Foxconn”, que fabricam os tão cobiçados produtos da “Apple” como “iPads” e “iPhones”, têm salários muito reduzidos e condições muito duras de trabalho. Foram já 40 os operários que se suicidaram. Vivem com redes de arame a tapar as janelas onde dormem, são obrigados a assinar documentos de compromisso de não se suicidarem e se o fizerem a família recebe uma indemnização mínima. Os operários chineses têm apenas uma folga de 15 em 15 dias, não podem falar durante as horas de trabalho e não podem ver os seus parentes, sendo penalizados com mais 100 horas de trabalho por mês caso violem estas normas. Nos dormitórios vivem 24 operários por quarto.
      Os parques da “Disney” também batem os recordes de suicídios entre funcionários. O sonho de qualquer criança parece ser o inferno de qualquer trabalhador. Segundo o ranking deste estudo, trabalhar no Afeganistão consegue ser menos duro do que nos parques que se dizem o «local mais feliz do planeta». Os funcionários chamam ao parque “Mauschwitz”, uma junção da palavra “mouse”, de rato “Mickey”, e “Auschwitz”, o campo nazi. Só no ano passado (2010) suicidaram-se quatro empregados da “Eurodisney”, em Paris e desde 2008 já foram 44 os funcionários a pôr termo à vida.

sexta-feira, 20 de maio de 2011

De quem é o Pólo Norte?

      O Pólo Norte está a ser reivindicado por vários países e agora anuncia a Dinamarca que também o reivindica como seu, designadamente, reivindica a plataforma continental em cinco zonas em redor das ilhas Faroe e da Gronelândia, incluindo o Pólo Norte.

      Esta posição da Dinamarca será formalizada no próximo mês de junho com a apresentação do seu plano, intitulado "Estratégia para o Ártico 2011-2020" provocará tensão nas relações com a Rússia, Estados Unidos, Canadá e Noruega, outros países da região que igualmente pretendem a possessão deste local inóspito sempre ignorado ao longo dos séculos.
      Porquê agora tanto interesse por esta zona?
      Segundo o Instituto de Geofísica Norte-americano, o círculo polar pode conter um quinto das reservas de hidrocarbonetos (petróleo e gás natural) que ainda estão por explorar em todo o Mundo.
      Prevê-se que seja a Organização das Nações Unidas (ONU) a estudar as pretensões dos países e faça a gestão dos interesses, exclusivamente financeiros, como é habitual.


quinta-feira, 19 de maio de 2011

A Revolução Voa Livre Pelas Ruas

      O movimento de acampados na emblemática praça central de Madrid da Porta do Sol, recebeu hoje outra enchente de pessoas que assim quiseram manifestar o esgotar da paciência com a crise económica e com o sistema político.
      Os espanhóis que vivem fora de Espanha também realizaram concentrações no estrangeiro, são conhecidos os casos de Paris, Berlim, Lisboa e Copenhaga, manifestando a sua solidariedade em frente às respetivas embaixadas.
      Na entrada do metro daquela praça lia-se numa faixa (foto abaixo) “La Revolución estaba en nuestros corazones y ahora vuela libre por las calles” (A Revolução estava nos nossos corações e agora voa livre pelas ruas).
 

quarta-feira, 18 de maio de 2011

E agora é a vez de Espanha

      Alguns milhares de jovens espanhóis, fartos da alta taxa de desemprego (5 milhões) e da falta de perspetivas de futuro, saíram à rua indignados, após combinação da ação nas redes sociais, ocupando por todo o país em diversas cidades os centros das mesmas, ao estilo egípcio que ocupando a praça central do Cairo fez cair o regime de Mubarak.
      A Espanha está em plena campanha eleitoral para as autonomias e os municípios, com eleições marcadas para o próximo dia 22 de maio.
      As concentrações consistem em acampamentos permanentes durante os quais os manifestantes se organizam em assembleias e comités com funções específicas como gerir as comunicações, a comida, a limpeza, as ações de protesto e até os assuntos legais; tal e qual como os manifestantes da Praça Tahir no Egito.
      Apesar da polícia ter inicialmente logrado a dissolução das concentrações, logo voltaram os manifestantes, ocupando as praças.
      A atmosfera é também festiva, com a multidão cantando canções, jogando a diversos jogos lúdicos e realizando debates permanentes sobre toda a complexidade da situação.
      Os manifestantes afirmam não se identificarem com nenhum partido político, estando cada vez mais auto-organizados.
      Reivindica-se a vida e um sistema político organizativo social que até pode ser democrático mas tem que ser muito mais justo.
      Numa das fotos que podes ver abaixo está escrito: “No soy anti-sistema, el sistema és anti-yo”, isto é: “Não sou anti-sistema, o sistema é que é anti-eu”. Esta frase define a consciência geral: o sistema instalado marginaliza-me; põe-me ao lado, não me permite viver condignamente.
      Por todo o lado se vêm outras mensagens, como por exemplo as que tapam a cúpula de acesso ao metro da praça da Porta do Sol, em Madrid:
      "Si no nos dejáis soñar, no os dejaremos dormir" (se não nos deixais sonhar, não vos deixaremos dormir),
      "Lo queremos todo y lo queremos ahora" (queremos tudo e queremos já),
      "Que los políticos se jubilen como los demás" (que os políticos se reformem, como toda a gente),
      "Los partidos y el Estado son el crimen organizado" (os partidos e o Estado são o crime organizado),
      "La calle es gratis" (a rua é grátis)
      Um porta-voz do coletivo “Democracia Real Ya” (Democracia a sério já) afirma que "En esta crisis, mientras algunos se han hecho ricos, la mayoría tiene menos ingresos" (nesta crise, enquanto alguns ficam ricos, outros têm menos rendimentos).
      Por outro lado, José Manuel Campa, secretário de Estado de Economia, veio a público fazer declarações fantásticas nas quais diz compreender as manifestações dos jovens, explicando que uma crise como esta não se soluciona de um dia para o outro: "Queremos transmitir a la gente joven que éste es un proceso de ajuste necesario y que su situación económica mejorará en 10, 20 y 30 años", ou seja, que os jovens esperem 10, 20 ou 30 anos para que possam viver melhor.

terça-feira, 17 de maio de 2011

Tráfico de Crianças

      Por cerca de 2200 euros, estão a ser vendidos bebés chineses para o estrangeiro.
      De acordo com uma investigação levada a cabo pelas autoridades chinesas e reportada pelo “The Telegraph”, que cita a “Caixin Century Magazine”, alguns oficiais policiais recolhiam à força crianças dos seus pais, sob o argumento da política de filho único, com o intuito de as venderem.
      Apurou-se que na província de Hunan foram retiradas às famílias pelo menos 20 bebés que foram vendidos na Holanda e nos Estados Unidos.
      Esta não é a primeira vez que surgem relatos dando conta de incidentes deste género, e por isso vai crescendo a contestação à política de filho único no país e à corrupção instalada no Partido Comunista da China.
      O tema gerou 33500 comentários no portal chinês mais conhecido da internet, antes de ser eliminado pelos serviços de censura chineses. Em declarações à revista, um camponês explicou que até 1997 as autoridades derrubavam as nossas casas, mas desde 2000 que começaram a confiscar as crianças.
      Outro pai disse que em 2005 ficou sem a sua filha, devido a uma confusão depois de a ter deixado com familiares quando foi trabalhar para outra zona. A família ainda tentou “comprar” a filha de volta no dia seguinte por 660 euros, mas já não foi possível. O pai da bebé recebeu, posteriormente, a hipótese de poder ser autorizado a ter duas crianças se não levantasse problemas relativamente àquele incidente, mas o seu casamento já se tinha desmoronado.

segunda-feira, 16 de maio de 2011

Tráfico de Animais

      Um cidadão dos Emiratos Árabes Unidos (Noor Mahmoodr, de 36 anos) foi preso pela polícia tailandesa quando embarcava num voo de Banguecoque para o Dubai, levando na bagagem várias crias de diversos animais selvagens.
      O passageiro viajava em primeira classe e levava dois leopardos, duas panteras, um urso e dois macacos, com idades compreendidas entre as quatro e as cinco semanas.
      Os animais estavam escondidos em cápsulas e estas dentro da mala.
      De acordo com Roy Shlieben, assessor de comunicação da ONG tailandesa “Freeland”, que combate o tráfico de animais, explica que as «apreensões de animais ocorrem com alguma regularidade», mas que é a primeira vez que vêem algo desta dimensão. Disse ainda que o tráfico de animais selvagens «movimenta um mercado negro altamente lucrativo, que fatura entre 7 a 20 mil milhões de euros por ano e que é responsável por sustentar várias organizações criminosas.
      Shlieben explicou ainda que o destino destes animais selvagens é certo: ou «vão parar a zoológicos particulares de pessoas que querem ostentar riqueza» ou «acabam mortos para que as suas peles sejam usadas em roupas, como troféus ou ainda para que os seus órgãos sejam utilizados em medicamentos tradicionais».

domingo, 15 de maio de 2011

Onde Cuspir

      «Na casa de um rico não há lugar para se cuspir, a não ser na sua cara.»

      Diógenes de Sínope (c. 404 a.C. – 323 a.C.)
      Filósofo da Grécia Antiga, também conhecido como Diógenes o Cínico.
      Tornou-se um mendigo que habitava as ruas de Atenas, fazendo da pobreza extrema uma virtude. Diz-se que teria vivido na rua, num grande barril, e deambulava pelas ruas com uma lamparina acesa, durante o dia, alegando estar a procurar um homem honesto.
      Durante a sua vida procurou o ideal de um tipo de vida que fosse natural e não dependesse das luxúrias da civilização. Por acreditar que a virtude era melhor revelada na ação e não na teoria, a sua vida consistiu numa campanha incansável para destruir as instituições e valores sociais que considerava constituírem uma sociedade corrupta.
      Nas reflexões desenvolvidas pelos filósofos cínicos pode-se reconhecer importantes princípios do anarquismo ainda na Grécia Antiga. Segundo o historiador inglês Donald R. Dudley, em particular no pensamento de Diógenes, podem ser identificados muitos elementos presentes no movimento anarquista da contemporaneidade.
      Na imagem abaixo está retratado o filósofo, que viveria no barril, acendendo a sua lamparina para, em pleno dia, procurar um homem honesto, acompanhado de cães vadios. A pintura é de Jean-Léon Gérôme, de 1860.


sábado, 14 de maio de 2011

Reformulada Lista de Terroristas EUA

      Com a suposta recente morte do fundador e líder da rede Al-Qaeda, Osama Bin Laden, o FBI, a polícia federal estadunidense, reorganizou a lista dos mais procurados pelos Estados Unidos por atividades terroristas.

      Daniel Andreas San Diego é um fugitivo, pertencente ao movimento de libertação animal e da Terra e é agora o número três da lista dos mais procurados.
      Andreas foi acusado em 2004 pelos ataques relacionadas com a campanha contra a HLS (Huntingdon Life Sciences), Chiron (Emeryville, Califórnia) e Shaklee (Pleasonton, Califórnia).
      A última vez que foi visto foi em 2003, depois de ter escapado à vigilância do FBI no centro de São Francisco.
      Andreas San Diego é o principal suspeito referente ao bombardeio a Shaklee, por ter sido detido por uma simples infração de trânsito, perto do local da detonação dos explosivos, motivo pelo qual se suspeita dele.
      Andreas está em fuga há quase oito anos.
      A inclusão de Andreas na lista dos mais procurados é uma estratégia ousada do governo federal norte-americano, vendendo ao público a falsa informação de que os ativistas pela libertação animal e a ALF são terroristas.
      O movimento de libertação animal atua há mais de 30 anos, nunca tendo ferido nenhum humano ou animal. Os ataques foram realizados a edifícios de escritórios vazios.
      O FBI diz o seguinte sobre o fugitivo:
      «Daniel Andreas San Diego é procurado por seu suposto envolvimento no bombardeio de dois edifícios de escritórios na área de São Francisco, Califórnia. Em 28 de agosto de 2003, duas bombas explodiram, com cerca de uma hora de diferença na Chiron Corporação, em Emeryville. Em 26 de setembro de 2003, uma bomba, amarrada com pregos, explodiu na Corporação Shaklee, em Pleasanton. Andreas foi acusado no Tribunal Federal Distrital, Distrito Norte da Califórnia, em julho de 2004.»
      O FBI diz ainda que Andreas “deve ser considerado armado e perigoso”.
      Andreas San Diego enfrenta uma pena de prisão perpétua, se for preso, por isso está em fuga; pela sua vida.


sexta-feira, 13 de maio de 2011

Maio de 68

      Num dia como o de hoje (13 de maio) do ano de 1968, efectivava-se uma greve geral em França, após a noite das barricadas de 10 e 11 de maio.

      Em Paris uma imensa manifestação de protesto congrega uma massa de cerca de 800 mil pessoas, encabeçada por sindicalistas, estudantes e o anarquista alemão Daniel Cohn-Bendit.
      A polícia retira-se da Sorbonne e deixa que os estudantes a ocupem num ambiente de revolução, formando um fórum permanente e aberto a todos onde ondulam bandeiras negras e vermelhas.
      Os slogans surgem em todas as paredes e a poesia retoma os seus direitos.
      Lêem-se nas paredes: "il est interdit d'interdire" (é proibido proibir), "les murs ont la parole" (as paredes têm a palavra), "Tout est possible" (tudo é possível)...


quinta-feira, 12 de maio de 2011

A Federação Anarquista Japonesa

      Num dia como o de hoje (12 de maio) do ano de 1946, em Tóquio constituía-se a Federação Anarquista Japonesa com a seguinte declaração de princípios:

      «Afirmamos que o único caminho a seguir é o do anarquismo que luta por uma sociedade baseada na liberdade, igualdade e a entreajuda mútua. Insistimos na necessidade de estabelecer uma federação de povos livres e autónomos, baseada na independência do nosso povo e de todos os povos do Mundo. Convidamos o povo japonês e todos os povos da Terra a lutar contra todos os governos, contra o capitalismo e contra a reação.»

quarta-feira, 11 de maio de 2011

O Sismo de Roma de Hoje

      É inacreditável que os indivíduos tão evoluídos do século XXI pensem como o Homem Primitivo ou do século XIII.

      A notícia tem corrido Mundo nestes dias. Há milhares de pessoas que vão estar fora da cidade italiana de Roma nos próximos dias e especialmente no dia de hoje. Porquê? Porque têm medo que uma profecia que do século passado se torne realidade.
      A profecia prevê que a capital italiana seja abalada por um potente sismo hoje mesmo, dia 11 de maio.
      A profecia foi feita pelo fascista e talvez sismólogo Raffaele Bendandi, morto em 1979, que realizou uma previsão de que Roma seria devastada por um potente tremor de terra durante o dia de hoje.
      Embora as autoridades (governativas e científicas) tenham vindo a público afirmar que nada há a temer, pois não há qualquer fundamento, o certo é que as televisões e demais meios de comunicação de massa, não deixam de badalar o caos, pelo que milhares de pessoas têm saído da cidade e muitos trabalhadores não se apresentaram hoje ao trabalho.
      «Vou dizer ao meu patrão que tenho uma consulta médica e que vou tirar o dia», afirmava ontem a uma agência de notícias um empregado de bar, acrescentando que «Se tenho de morrer, vou morrer com a minha mulher e com os meus filhos, e muitas outras pessoas farão o mesmo que eu».
      E de repente os hotéis das áreas rurais tiveram uma especial afluência e muitos ficaram lotados pelas famílias romanas.
      Raffaele Bendandi é um fascista amigo de Mussolini que se fazia passar por sismólogo e astrónomo. Mussolini condecorou-o, ordenando-o cavaleiro em 1927 devido aos seus “poderes proféticos relacionados com a meteorologia”, pelo que também se poderá considerar meteorologista, pois previa o tempo mas de acordo com uma teoria que relacionava o movimento dos planetas, pelo que se vê que tanto um como o outro eram indivíduos de uma inteligência idêntica, ao nível da merda.
      Antes de morrer, Bendandi teria indicado que no dia 11 de maio de 2011 a cidade de Roma ficaria totalmente destruída e este episódio seria seguido por mais dois eventos catastróficos em maio de 2012, pelo que para o ano lá teremos mais do mesmo.
      O diretor dos serviços romanos de proteção civil, disse ao jornal “La Repubblica” que os serviços de proteção civil têm recebido inúmeras chamadas de cidadãos preocupados com a profecia.
      Toda a sabedoria e conhecimento com muito esforço conquistado ao longo de inúmeros séculos pela humanidade é assim, de um momento para o outro, atirada ao lixo, porque as pessoas acreditam em qualquer boato que passe muitas vezes na Internet e na televisão.
      A imagem abaixo mostra locais comerciais hoje fechados em Roma, com avisos de estarem fechados por motivos familiares ou de inventário, quando na realidade se deve à tal profecia.


terça-feira, 10 de maio de 2011

Espionagem nas Redes Sociais

      Julian Assange, fundador da WikiLeaks, em entrevista ao canal de televisão “Russia Today” afirma que a maior rede social da Internet é "a mais assustadora máquina de espionagem já inventada" e admite que a base de dados de pessoas, as suas relações, nomes e endereços possa estar a ser usada pelos serviços de informação norte-americanos, através de um interface desenvolvido especialmente para esse fim.
      "Facebook, Google, Yahoo; todas estas grandes organizações norte americanas têm interfaces integradas para os serviços de informação. Não é uma questão de responder a mandados judiciais. Eles têm uma interface que desenvolveram para os serviços de informação norte-americanos utilizarem.", garante Assange.
      Diz ainda: “Os serviços de informação conseguem aplicar pressão legal e política sobre eles [Facebook e outras redes sociais] e não tem custos gerir os dados um a um, por isso automatizaram o processo. Todas as pessoas deviam perceber que quando adicionam amigos no Facebook estão a fazer trabalho gratuito para as agências de informação dos Estados Unidos e a construir uma base de dados para eles", explica Assange na entrevista. 
      Julian Assange falou também do Wikileaks e afirmou que todas as guerras dos últimos 50 anos foram resultado de mentiras, inventadas propositadamente.

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Objetor de Consciência

      O jovem anarquista sul-coreano Jihwan Ahn foi condenado, em Seul, a 18 meses de prisão por objeção de consciência e está atualmente encarcerado na prisão de Youngdengpo, até 16 de agosto de 2012. 
      Jihwan recebeu 18 meses de prisão por rejeição do serviço militar. 
      Na sua declaração de objeção de consciência disse: 
      «Não vejo razões, seja num sentido legal ou mesmo moral, para vos explicar qual o meu critério de consciência, e a história de como esse foi alcançado, ou da veracidade dessa consciência, enquanto eu declaro que me recuso ao serviço militar, de acordo com minha própria consciência. Não estou alegando isso de uma maneira infantil, mas essa é mesmo a minha convicção. 
      Eu gosto de subir uma montanha pela manhã, ou de ir à praia quando está chovendo, tirar uma soneca depois do almoço, e colher flores do campo e colocá-las num vaso em minha sala, todas essas coisas você pode fazer livremente, sem permissão. Para mim, não prestar o serviço militar é assim também uma questão de liberdade individual. Se alguém tenta tirar essa liberdade de mim, é esse alguém que deve explicar por que faz isso, não sou eu que tenho que explicar porque me sinto feliz quando colho uma flor, ou culpado por fazer isso, e todas as outras mudanças emocionais e demais razões de o porquê de gostar de colocar flores num vaso, depois de as colher. 
      Hoje o problema principal é que depois da minha declaração, o processo legal vai começar. Primeiramente, é um problema pedir a alguém que é declaradamente consciente, que prove a sua consciência e, segundo, há o problema que não houveram debates suficientes para entender o porquê do estado-nação (ou melhor, a comunidade) que está tirando a liberdade de alguém. Essa é basicamente uma questão de violência por parte do estado-nação.» 
      Embora a Coreia do Sul tenha sido repetidamente chamada a atenção pelo Comité de Direitos Humanos da ONU, de que deveria reconhecer o direito da objeção de consciência, tanto através das Observações Conclusivas ao estado, assim como na sua jurisprudência no caso do objetores conscientes da Coreia do Sul, isso não tem sido feito. Um projeto do governo anterior para introduzir o direito da objeção consciente foi derrubado pelo governo atual. 
      Em novembro de 2010, 965 objetores conscientes estavam cumprindo sentenças nas prisões, geralmente de 18 meses. Atualmente, um dos casos das Observações Conclusivas que teve apelo junto à Corte Constitucional está pendente. Não obstante, as cortes continuam a mandar os objetores para a prisão. 
      Podes enviar cartas de apoio a este objetor de consciência, Jiwahn Ahn, para o seguinte endereço: 
      Jihwan Ahn
      2568 
      P.O. Box 164 
      Geumcheon-gu 
      Seul, República da Coreia 
      153-600

domingo, 8 de maio de 2011

Logo...

      «Revolto-me, logo existimos.»

      Albert Camus (1913-1960), in “L'Homme révolté” (1951)
      Nasceu na Argélia, filho de um francês e de uma descendente espanhola.
      Foi-lhe concedido o Prémio Nobel de Literatura em 1957.
      É apontado como um dos mais importantes mentores da escola do Absurdismo ou da Filosofia do Absurdo (relacionada com o Existencialismo) na qual, em síntese, se estabelece que os esforços realizados pelos seres humanos para encontrar o significado do Universo fracassarão por não existir tal significado.
      Aderiu em jovem ao Partido Comunista, tendo sido expulso passados 2 anos, por desentendimentos relativamente à questão da independência da Argélia da França, começando a sua aproximação aos movimentos libertários, tendo passado a escrever em diversas publicações anarquistas e, por fim, tendo criado a sua própria revista anarquista, em 1959 (após o Prémio Nobel e 1 ano antes do acidente que lhe causaria a morte), chamada: “Liberté”.
      Disse: «L’histoire d’aujord’hui nous force à dire que la révolte est l’une des dimensions essentielles de l’homme» (“A história dos nossos dias obriga-nos a considerar que a revolta é uma das dimensões essenciais do Homem”).

sábado, 7 de maio de 2011

Nova Iniciativa Informativa

      Existe uma nova rede social, semelhante ao Twitter ou ao Facebook, mas cujos “posts” não são escritos mas gravados em voz.

      Esta nova rede intitula-se “The Vocal Social Network”, isto é, uma rede social apenas de voz, onde os habituais escritos das outras redes, se gravam em áudio e se ouvem.
      Blaving é o nome desta nova rede social, disponível em três línguas: inglês, espanhol (castelhano) e português.
      O grupo de iniciativas informativas “InfoDia”, “SabeMais” e “Anarquinfo”, acaba de iniciar mais uma iniciativa informativa nessa nova rede social, com a designação de “infodia”. Assim, os artigos colocados nos blogues que fazem parte do grupo, no Facebook e no Twitter passam a estar também disponíveis em áudio.
      Para entrar nesta rede e ouvir os artigos publicados segue a ligação permanente na coluna dos sítios do grupo ou no seguinte endereço: http://pt.blaving.com/infodia
      Atenção que este grupo de iniciativas informativas existe agora em 8 plataformas distintas, assim sendo distribuída a informação diária pelo Mundo, isto é, a mais pessoas e a mais Mundo.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Conferência PAGAN

       A PAGAN - Plataforma Anti-guerra e Anti-NATO (OTAN) organiza uma conferência seguida de debate sob o tema: “Mediterrâneo a Ferro e Fogo”.      
      Esta conferência-debate está incluída no conjunto das Conferências/2011 promovidas pela PAGAN.      
      Nesta conferência serão oradores Mário Tomé e Vítor Lima.      
      Data: 14 de Maio às 15H00.      
      Local: Casa do Brasil, sita na Rua Luz Soriano, 42 (Bairro Alto), em Lisboa.      
      Mais info na página PAGAN com ligação permanente na coluna dos "Sítios a Visitar" contendon a seguinte ligação: http://antinatoportugal.wordpress.com

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Feira do Livro Anarquista

      A Feira do Livro Anarquista de Lisboa vai para a sua 4ª edição e decorrerá entre os próximos dias 20 a 22 de maio.

      Uma vez mais um espaço para a divulgação das ideias anarquistas a partir dos livros e das publicações, levando a debate as ideias e análises sobre questões que nos assaltam a vida em tempos de guerra social.
      Dedicamos um dos dias à crítica do desenvolvimento que o capitalismo e o Estado tentam impor. Partindo dos seus projectos e das suas investidas contra a Natureza e os locais onde vivemos, queremos discutir formas de travar esse desenvolvimento e passarmos nós ao ataque.
      Noutro dia questionamos as recentes manifestações de descontentamento nas ruas refletindo sobre os caminhos que nos poderão levar a uma rutura com o Estado e com a economia. Duas questões que, embora separadas, se cruzam inevitavelmente.
      Procuramos estimular a luta, a solidariedade e a reflexão como formas de combate às várias faces da autoridade.
      Local: Largo da Severa, nº. 8; Mouraria, Lisboa.
      Mais info em http://feiradolivroanarquista.blogspot.com/ também com ligação permanente na coluna dos "Sítios a Visitar".